Explicando o conceito da roda da vida

Diante da complexidade do mundo de hoje, da grande diversidade, dos enormes e insistentes conflitos, das desigualdades e da intolerância, pugno pelo aprimoramento e formação do ser humano, como uma saída para o caos atual.

Quando as pessoas estão bem centradas e harmônicas consigo mesmas, estão aptas a viver bem em família, a prosperarem com sustentabilidade e a atuarem com consciência em seu meio social e ambiental.

Por saber que somos seres holísticos criei o curso de desenvolvimento pessoal, denominado Universidade da Vida com o objetivo de despertar o interesse e a consciência na busca do conhecimento em prol da evolução de cada um, segundo o seu livre-arbítrio.


Por ser um estudo com amplas repercussões no físico-emocional, no mental e espiritual; no meio familiar, profissional e social; na administração do dinheiro e do tempo, exige-se paciência e muita reflexão.

Hábitos nocivos antigos e arraigados precisam ser modificados.Isto não se faz de uma hora para outra.

Primeiro, desenvolvi lições voltadas exclusivamente para o autoconhecimento, onde se salienta que cada um procure se conhecer.
Sócrates (filósofo Grego, 470 a 399 a.C.) já difundia esta sabedoria:

Conhece-te a ti mesmo”.

Mas parece que são poucos os que se preocupam com isto ou entendem o valor de se conhecer.

Jesus, ao pregar que se deve amar o próximo “COMO A SI MESMO”, pressupôs o autoconhecimento. Se eu não me conheço, posso me amar?

Você constrói sua vida segundo as escolhas que faz no dia a dia.
Estar conscientes deste fato implacável é o que nos torna responsáveis por tudo que nos acontece: de forma consciente ou inconsciente. É despertar para a necessidade de fixar suas metas, de planejar-se e ter uma bússola para o caminho a percorrer.

Este é o maior segredo, o mais complexo modo de viver, porque o obriga a olhar permanentemente para dentro de si, razão da sua felicidade.

É claro que existirão adversidades ao longo de seu caminho, mas saber como enfrentá-las sem sofrimento é o que devemos aprimorar em nós.

Isto realmente é fundamental para que o estudioso possa posicionar-se com clareza, compreensão e discernimento.

 

UMA RODA CHEIA DE VIDA

roda_vidaPela figura, nota-se que dei destaque ao EU, que é o Ser Maior em cada um, que precisa ser expandido, evoluído para realizar-se como missão na Terra.

Meu objetivo, portanto, é conscientizar que o ser humano é uma trilogia e por isso precisa dar atenção a todas as partes para supri-las com o máximo de conhecimento e experiência, a fim de alcançar o crescimento.

A base da estrutura por trás do conceito da roda da vida está na premissa básica de que Somos seres Espirituais vivendo uma experiência Humana aqui no Planeta.

 

POR QUE O CORPO?

Estamos tão acostumados a usar o nosso corpo a cada instante, a começar com a respiração, que nem nos damos conta de que ele é um bem precioso, engenhoso, complexo, mas que precisa de cuidados.

Observa-se que o número de pessoas doentes, ou que tem algo que incomoda, mesmo que não faça tratamento algum, é impressionante.

Chega-se a falar que hoje existe uma verdadeira indústria da doença.

E o pior, as pessoas acostumam-se e convivem com males em seu corpo, deixando para mais tarde fazerem tratamento.

Meu amigo, o seu corpo está com você desde o seu nascimento e o acompanhará até o suspiro final.

Conheça-o um pouco mais, não só o seu potencial, mas os seus recursos e as suas limitações. Sua rede de 86 bilhões de neurônios, com mais de 10.000 conexões de sinapses, para cada um, por exemplo, é um verdadeiro universo.

Setenta por cento do seu corpo é constituído de água.

Temos uma rede de vasos sanguíneos e linfáticos que alimentam todo o corpo com uma bomba muscular (o coração) que impulsiona o sangue para todo o corpo, através do qual os nutrientes são levados aos trilhões de células transportando os glóbulos brancos para exercer a defesa contra invasores perigosos.

Só isso, para mencionar algumas características desse poderoso corpo, já deveria bastar para despertar em você – não só a curiosidade – mas a necessidade de passar a dar a máxima atenção a ele, através de alimentos selecionados, muita água, exercícios e um sono reparador indispensável à saúde e à longevidade.

Portanto, passe a valorizar esse seu bem excepcional porque ele não é indestrutível e pode lhe ser muito útil quando em estado saudável. Pense nisso.

 

POR QUE AS EMOÇÕES?

Sempre se está diante de emoções opostas, como o amor e o medo. As emoções possuem uma força espantosa. Devemos aceitar as emoções negativas, trabalhar com elas e evitar seus efeitos prejudiciais, como a aceleração do processo do envelhecimento. Sentimentos de hostilidade, ressentimento, por exemplo, são verdadeiros tóxicos ao organismo.

Afirmo que relacionamentos permanentemente em conflito tornam-se tóxicos também. Isso e mais as preocupações constantes criam as ansiedades e depressões que arrasam a saúde e as pessoas não percebem.

Torne os seus momentos de doce amor sexual com seu par uma prática regular, gratificante onde deve investir toda sua atenção, seu tempo e sua paixão.

Isto fortalece cada ser humano e o ajuda com sua autoestima, e nutre constantemente suas emoções positivas.

Esta força humana é mal compreendida e até criticada.

O segredo está em não se deixar levar para uma rotina asfixiante.

Os relacionamentos devem ser alimentados diariamente para que a convivência traga a paz e a alegria entre as pessoas.

Desfrutar da qualidade de vida continuada decorre da aceitação e do amadurecimento emocional.

Enfrentamos situações que ora nos levam a fortes emoções negativas e ora a grandes momentos de bem estar e felicidade.

É preciso muita compreensão para entender essa dicotomia que pode arrastar para sentimentos de raiva ou ressentimento ou para êxtases compensadores.

Afinal, a busca da alegria de viver e da felicidade são procuradas incessantemente pelas pessoas. Todos querem estar bem, conviver bem, mas isto dificilmente acontece. As dores, o sofrimento, interferem. A única solução é voltar-se para dentro de si mesmo onde se deverá encontrar a origem das aflições, compreendê-las e superá-las.

Devemos priorizar esse paradigma:

desenvolva o amor e a confiança e abandone o medo e a dúvida. Ao exercer esta percepção, estará empregando a consciência emocional.

 

A MENTE

Temos a mente consciente e a mente inconsciente que se manifestam através do cérebro como geradores de milhares de pensamentos.

O que preciso ressaltar é que o pensamento que permeia nossa mente o tempo todo, precisa funcionar sob nosso controle, mas comumente, ele é governado pelo ego que manipula e predomina nosso discernimento, propiciando decisões de forma inconsciente.

A mente consciente, regida pela consciência presente, atua ora usando o lado esquerdo do cérebro, onde predomina nosso intelecto lógico, ora utiliza o lado direito do hemisfério cerebral, quando afloram ideias associadas com a intuição, com o lado artístico e pensamentos abstratos.

Nossa mente só pode focalizar uma coisa de cada vez. Os pensamentos atingem a mente aos borbotões.

Se não souber administrar, selecionar e focar-se no positivo, dificilmente saberá planejar e muito menos atingir seus objetivos.

Primeiramente você precisa aprender a sonhar, acreditar, persistir e a planejar. As pessoas que não sonham, trabalham para aquelas que sonham com realismo.

“Sonho sem ação é ilusão”

Quando suas metas estão definidas, não deve olvidar-se de que o momento presente é onde você está. Viver o agora, sempre, para combater o medo. “Vencer na vida” tornou-se uma exigência tão grande que já se transformou num “monstro” a esmagar-nos pela ansiedade e estresse que o excesso de trabalho tem provocado.

E tem mais, estamos sempre propensos a atender nosso impulso mental para uma satisfação imediata, do que resisti-lo para colher a médio ou longo prazo os seus benefícios.

É por isso – para exemplificar – que uma pessoa que está fazendo regime não consegue deixar de comer doce, causando-lhe depois o aumento de peso.

Precisamos ter como propósito ser melhor hoje do que fomos ontem, partindo deste princípio a evolução acontece de forma natural.

 

A ESPIRITUALIDADE

Nossa premissa é que “somos seres espirituais vivendo uma experiência humana”.

É preciso ter a ciência de que temos como foco fundamental a missão de evoluir durante nossa existência.

O conteúdo desse tema é vasto, profundo e voltado a despertar no estudioso a necessidade de se conscientizar de que o espírito é um dos componentes essenciais da trilogia humana.

Recebemos inúmeros dons que não podem ser ignorados, sob pena de vivermos na agonia do sofrimento.

Temos o poder de criar, de amar, de pensar, de imaginar, de rezar, de meditar e a liberdade de escolher.

Porém, muitos odeiam, usam da violência, da tortura, da escravidão, da crueldade, da indiferença e do domínio, espalhando o medo e a dor, desprezando seus preciosos bens inalienáveis.

Em nossa trajetória, apesar das dificuldades e dos contratempos, precisamos atuar com dignidade, com lucidez e dar o exemplo em nosso meio para reafirmar nossa crença no Ser Supremo, nosso Criador.

Por isso destaco a importância de se procurar o caminho do autoconhecimento e da autoconsciência, dois componentes necessários ao seu desenvolvimento espiritual.

Não pode deixar de dedicar esforços para ampliar, expandir sua consciência que é o alicerce da solidez de sua espiritualidade.

Quanto mais pessoas caminharem para a luz, mais afastamos a escuridão do meio social e pessoal que tanta influência exerce sobre uma coletividade confusa, desnorteada, perdida e angustiada.

A força espiritual é semelhante à semente do bambu. Depois de plantada demora anos para nascer e se projetar a dezenas de metros de altura.

Toda pessoa consciente precisa aprender a adubar, a irrigar e a cuidar da sua semente espiritual até torna-la forte, altaneira e vencedora.

A descrença, a indiferença, a apatia são componentes das pessoas cujo EGO é voltado para a matéria, que prioriza o TER e busca o prazer para sua realização efêmera.

Estes seres vivem apegados, presos aos bens materiais, aos quais dispensam sua máxima atenção, até em detrimento das pessoas que os cercam.

Sem perceber, elas também guardam em seu interior raivas, ressentimentos, tristezas e medos a perturbar seu sono e sua paz.

Há tanto acúmulo que não há lugar para as coisas boas, a prosperidade e o relacionamento sadio tão necessários para a alegria de viver.

Onde está nosso coração, ali estará nossa alma. Muito cuidado, é nosso alerta, para as atitudes e comportamentos negativos repetitivos, pois eles se reforçam em função da lei de causa e efeito. Acaba-se vivendo num círculo vicioso.

A ênfase que se dá é que o investimento em si mesmo e a dedicação de um tempo diário ao seu espírito, como força indispensável, trará imensas compensações.

 

A FAMÍLIA

Em geral, nossa infância e adolescência são lembradas durante o período gostoso vivido em família. Muitos não tiveram esta alegria porque foram afastados, mas isso não invalida o valor e a força que a família exerce na formação do ser humano.

Dá a impressão que há uma crise da família no mundo atual. As múltiplas pressões do estilo de vida praticamente asfixiam os casais.

Sente-se que a seiva que alimenta a família está rareando, os encontros gostosos entre os membros acham-se desencontrados, sem calor humano, dispersos, egoístas, muitos sob o autoritarismo, outros, sob a libertinagem, o excesso de permissividade. A mídia interfere nas reuniões familiares e a TV permanece ligada como se fizesse parte das conversas, ou então, a maioria fica magnetizada pela telinha e esquece de partilhar.

O tempo passa, o pessoal separa-se e aquele momento, que deveria servir de aconchego, de confidências, de apoios mútuos, de trocas, perdeu-se…

As uniões, os casamentos estão cada vez mais fragilizados.

Não existe mais o lar, só um local para ficar.

Há insegurança, insatisfação, desequilíbrio, desânimo, desavenças, ansiedades, quase em todas as áreas de atuação.

O modo de viver complexo, com trabalho distante, com trânsito enervante na maioria das cidades, dificuldades financeiras, pouco tempo para desfrutar o convívio no lar, acabam estressando e afastando os cônjuges.

Recomendo alguns pontos com destaque para o fortalecimento do lar:

  • Que a liberdade de cada membro da família seja respeitada;
  • que o amor e a bondade sejam praticados;
  • que cada um seja aceito como ele é;
  • que a maledicência, a crítica e o julgamento sejam banidos do seu relacionamento.

Sobressaem-se três componentes imprescindíveis para um ótimo trato diário:

  • que haja cumplicidade entre os cônjuges;
  • muito respeito à individualidade de cada um; e
  • admiração mútua, para engrossar o carinho do amor conjugal.

 

A PROFISSÃO

O trabalho é uma atividade imprescindível ao equilíbrio do ser humano.

Por isso que recomendo que sua escolha recaia no que gosta de fazer. Torna a ocupação algo prazerosa e compensadora, contribuindo para a paz interior.

A sobrevivência através do trabalho oferece um imenso campo de opções.

De empregado a empregador, ou de autônomo a empreendedor, há uma tônica a ser absorvida pela pessoa.

Praticar o estudo contínuo de sua atividade profissional; procurar tornar-se um especialista na sua área; não desistir e buscar ser sempre melhor do que foi ontem.

Assim como deve a pessoa organizar-se e planejar-se em sua vida pessoal e familiar, precisa na sua atividade profissional ter suas metas e objetivos bem traçados.

O profissional equilibrado não perde de vista a dedicação necessária à família, aos amigos e principalmente, ao investimento em si mesmo.

Seja um líder de si mesmo e imponha-se no seu meio pelo exemplo, pela compreensão e pela aceitação.

O seu crescimento mental e espiritual vão lhe propiciar um avanço muito maior com prosperidade sólida no seu campo de atuação profissional.

Um ambiente gostoso de trabalho não pode prescindir de sua contribuição voluntária e intensiva. Respeite todos os colegas, jamais use da maledicência ou de julgamentos.

Todos os dias doe-se ao seu trabalho com a consciência integral, com honestidade e inteira responsabilidade. E isto não é favor, é postura de quem quer progredir.

Evite que os seus problemas pessoais interfiram no seu trabalho.

E quando tudo parece dar errado, recorde-se da regra básica para o equilíbrio: aceite o fato novo; acalme-se que sempre há alternativas.

 

O SOCIAL E O AMBIENTAL

Será que estamos exercendo nossa responsabilidade social e ambiental com todo o respeito, dedicação e conhecimento necessário à sustentação do planeta e de nossa comunicação saudável?

As tendências viciantes do uso dos smartphones estão prejudicando muito as conversas normais entre as pessoas. Nota-se que muitos estão se excedendo.

Você – que é inteligente e consciente – sabe que só podemos transformar a nossa sociedade através de pessoas evoluídas que se tornem em fachos de luz.

Temos que ajudar os fracos a se tornarem fortes e não deixá-los se tornarem mais fracos.

O despertar de nossa consciência social também ajudará nossos filhos, netos, parentes e amigos a viverem, no futuro, numa sociedade mais justa, com mais progresso. Por isso, desperte e viva mais com as pessoas ao vivo e menos no modo virtual. Sei que ninguém pode viver isolado. Somos seres gregários.

Mantemos relacionamentos com amigos, namorados, cônjuges, familiares, no meio profissional, no meio político, em eventos, entre associados e até com pessoas estranhas.

Mas estejamos sempre presentes.

A Internet oferece um intercâmbio fabuloso, onde nos comunicamos com pessoas que jamais vimos. A relação é um dos fortes meios de crescimento pessoal.

Podemos curtir qualquer tipo de relacionamento, ou ser seletivo e fazer escolhas “interesseiras”.

Mas não ignoramos que a afinidade é um dos veículos da consolidação de nossas amizades.

Muita coisa pode interferir, porém, sempre, deve prevalecer o amor incondicional.

E a frustração parece uma tônica a tomar conta das pessoas.

Sofrem mais as sensíveis.

Cresce a proliferação das pessoas viciadas, como a procurar um consolo pelos insucessos dos relacionamentos.

A falta de confiança em si, o fracasso profissional, a pouca remuneração diante de tanto desejo a realizar, geram conflitos e as aparentes injustiças, das quais se julga ser vítima, tornam a vida quase um fardo.

Por quê? Porque falta o comprometimento, a honestidade, a aceitação, a responsabilidade e o respeito.

Vamos mostrar que à medida que você acreditar em si mesmo, terá dado um enorme passo para melhorar os seus relacionamentos no seu meio.

 

O DINHEIRO E O TEMPO

Num mundo em que parte do tempo é vivido no modo virtual e parte no presencial, causa a muitos desconforto e descontrole.

As pressões pelo consumismo exercem paralelamente, sobre a grande maioria, pressão na forma da aquisição do dinheiro.

Para viver com equilíbrio nessas duas áreas, não se pode deixar de conhecer os melhores meios a serem adotados ao estilo de cada um para melhor usufruir desses dois senhores.

Não existe atleta vencedor que não pratique o seu esporte com perseverança.

Se você sabe que é a pessoa mais importante para você, como deixa de dedicar diariamente um tempo valioso ao seu crescimento? Reflita!

Nosso mundo globalizado está mudando conceitos, inflando nossa mente com excesso de informações, castigando-nos com torrentes diárias de conhecimentos sem qualquer critério.

Sem que nos apercebamos, envolvemo-nos tanto que o tempo voa e as tarefas se acumulam.

Somos bombardeados pela mídia com tantas ofertas que nossa mente subconsciente acaba sendo condicionada para o consumismo desenfreado.

Neste clima de tensões, perdemos a noção do tempo e do dinheiro.

 

O cartão de crédito e os cheques especiais funcionam como amortecedores.

E quando nos damos conta, vivemos “numa corrida de ratos”.

A “roda-viva” do desespero está implantada em nossa vida.

Afogamos-nos no trabalho e no lazer como a diminuir o estresse excessivo que está a nos consumir por dentro. Qual a saída? Como romper com o círculo vicioso?

Você não pode deixar de dedicar atenção a temas de tão grande monta. Não há sucesso sem se saber gerir o tempo e o dinheiro. Nada de ilusão, caro leitor.

 

CONCLUSÃO

Não há como não ter sucesso, não ser um vencedor e uma pessoa que dá exemplo e contribuição ao seu meio de forma desinteressada, a não ser atuando com responsabilidade, em cada um de seus papeis que precisam ser vivenciados com consciência.

Chegará o momento que compreenderá sua missão e se tornará, livre e voluntariamente, num mensageiro.

Saberá auferir os conhecimentos, praticando-os para alicerçar-se na sabedoria

“que é um profundo conhecimento que vem do simples ato de dar total atenção a alguém ou a alguma coisa. A atenção é a inteligência primordial, a própria consciência. Ela dissolve as barreiras criadas pelo pensamento, levando-nos a reconhecer que nada existe em si e por si. A inteligência desprovida de sabedoria torna-se muito perigosa e destrutiva”.

Terá substituído a maioria dos hábitos negativos por atitudes positivas, firmes e exemplares. Assimilou de tal forma os ensinamentos, que a disciplina e o discernimento abrem-lhe oportunidades sem fim.
A humildade já é uma forma de ser. A compreensão, o amor e alegria, acompanham-no em todas as suas ações. Torna-se benquisto e admirado.
Liderará com simplicidade e com competência. É respeitado, sem ser temido.
Saberá usar sua cultura, seus conhecimentos e especialidades como ferramentas para ajudar, orientar e tornar-se cada vez mais forte, porque despertou para a espiritualidade, é a única fonte para manter sua nova estrutura.
Depois que você se conscientizar que você é a pessoa mais importante, por certo, irá dar atenção a esse ser especial que procura saber a finalidade de sua existência.
E aí, então, a tônica crescer se tornará num imperativo irreversível.
Mesmo que a princípio quase não perceba modificações, com a continuidade, colherá mudanças em seu interior incapazes de mensuração, mas muito gratificantes.
Só o aumento da autoestima seria um pagamento significativo pelo esforço, mas o que, paulatinamente, começará a perceber é o desenvolvimento de sua lucidez e do discernimento.

A visão do sentido da vida se ampliará, a compreensão do significado de certos fatos e acontecimentos lhe trará uma tranquila sabedoria com conhecimento de causa.
Já não será mais um joguete de um noticiário tendencioso que a mídia apresente; entenderá o que está por trás com um discernimento que o transformará num fazedor de opinião.

Também conseguirá fugir do vício de ficar galvanizado diante da TV a “beber” noticiários violentos e depressivos.

Sua capacidade de fazer escolhas pautadas em seus princípios será facilitada.

Começará a ser senhor de si mesmo, benefício que a maioria procura a vida toda e não consegue alcançar.

Terá noção clara da energia pura de que é possuidor.

A alegria, a verdade e a sabedoria começarão a fazer parte de suas decisões; o amor incondicional será plenamente compreendido e afinal, terá ciência e certeza de que no terceiro milênio estamos caminhando para a compreensão de que Somos Todos Um, em união com Deus.

Não sentirá compulsão de enganar, de falsificar, de trair, de adquirir coisas à custa de outros, porque não duvidará que a integridade é o único veículo a levá-lo ao sucesso permanente com harmonia.

Ao ampliar esta visão, terá relacionamentos sadios e constantes. Terá expurgado de dentro de si, o ciúme, a maledicência, a inveja e o orgulho.

Será agradecido e terá aceitação dos fatos, pois sabe que tudo o que lhe acontece é decorrência de suas escolhas. Não significa que deixará de ter problemas, ao contrário, continuará a tê-los, porém sua reação será de calma com capacidade consciente de resolvê-los.

O que mudará é sua reação a eles. Passará a ser dono da situação e não vítima.

Este comportamento será aplicado em seu meio familiar, profissional e público (na sociedade), com convicção e muita energia. Impor-se-á pela transparência, pela competência, pelo clima de respeito e confiança. Estará sempre pronto a ajudar, desinteressadamente.

Afinal, saberá que é uma luz a iluminar a escuridão que o cerca.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *